Uma dúvida bem comum em torno da mamoplastia de aumento é se a prótese de silicone deverá ser colocada por cima ou por baixo do músculo peitoral. A forma mais adequada varia de paciente para paciente e é fundamental que sejam considerados alguns fatores, como por exemplo: espessura da pele, tamanho (diâmetro) do tórax, tamanho das mamas e o histórico de câncer de mama na família. Conheça as diferenças entre as duas formas:

– Prótese por cima do músculo: Também conhecida como prótese silicone subglandular, é a técnica responsável pela colocação do implante abaixo das glândulas mamárias e por cima do músculo. Esta é uma das posições mais comuns, principalmente por quem deseja ficar com os seios bem marcados. O pós-operatório do silicone subglandular, costuma ser definido como de pouquíssima dor, na verdade, sente apenas o incômodo dos pontos.

– Prótese por baixo do músculo:   Também conhecida como intramuscular, prótese de silicone submuscular e retromuscular, se consiste na cirurgia onde é preciso levantar o músculo peitoral para colocar o implante. Esta posição é indicada para mulheres que têm a pele fina, pois assim elas não terão a intensa sensação de sentir a prótese. Além disso, o silicone submuscular é ideal para quem busca uma aparência mais discreta, sem que o colo fique muito projetado.O pós-operatório do silicone submuscular é considerado uma das desvantagens, já que a primeira semana de recuperação pode ser um pouco mais dolorida. Por isso, normalmente a paciente precisa tomar analgésicos.

 

 

 

Hsites, Especializados em Web para a área Médica
Agende sua consulta

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?